segunda-feira, 21 de março de 2016

Dicas para o desfralde

Meninas,

Embora eu tenha desfraldado apenas uma unica vez - nao sou nenhuma expert - quero compilar aqui as dicas que acho que podem ser uteis para quem estiver passando pela fase de desfralde.

1- Observar se esta na hora da crianca.

Tem alguns sinais motores que a crianca dá quando o desfralde pode ser feito. Pular com os dois pes ao mesmo tempo e descer escada com um pé em cada degrau;
Na minha primeira tentativa, Beatriz ja tinha a compreensao, mas ainda não conseguia pular nem descer escada certinho. Parece que quando a crianca consegue isso, o organismo ja consegue controlar o esfincter.
Algumas criancas se incomodam com a fralda umida, ou com a fralda cheia de coco. Esse é um sinal importante para ser observado. Se a crianca se incomoda com o xixi na fralda, sera bem mais facil tirar a fralda.


2- Compreensão

A compreensao da crianca é essencial.
Ela deve compreender todo o processo para que possa colaborar com ele. O ideal é que ela ja consiga falar, para que ela possa se expressar, responder e se comunicar.
Conversei com ela e expliquei que ela estava crescendo, que algumas amigas ja usavam calcinha e ela era uma menininha ja. E quando tiramos a fralda, disse que eu estava muito orgulhosa dela.


3- Calcinhas tematicas

Aqui a calcinha tematica foi o plus. Nas lojas de departamento tem calcinhas com personagens; Aqui comprei da Peppa pig e da Frozen, e o desfralde funcionou bem quando ela percebeu que quando vazava xixi, ela tinha que tirar aquela calcinha linnnda que ela tinha escolhido e colocar outra menos bonita.


4- Paciencia

Não é facil. A crianca dessa idade ja comeca a desafiar, e muitas vezes usa o xixi como motivo para chamar sua atencao.
Voce pode ter 14 sofas em casa, ela vai escolher o mais claro - o de linho de preferencia - e pá, vai fazer xixi ali. E o ideal é que vc respire fundo, e diga em tom amoroso: "o lugar do xixi é na privada, meu amor". Mesmo que vc queira esganar sua filha, e sair correndo para limpar o estofado antes de manchar.
Alias, veja o lado bom da coisa: numero dois seria beeeem pior.
Sim, serão algumas pocinhas de xixi e coco pela casa. Mas essa fase dura bem pouco. Callllma.
A cada xixi fora, não demonstrar que ficou chateada/brava/decepcionada. Trocar, e sempre lembrar que o "lugar de xixi é na privada". Quase um mantra.


5- Passe num pet shop

Faça compras num pet shop. Compre alguns tapetes higienicos e tambem um desifetante chamado Sanol.
O sanol (gosto do azul) tira o cheiro de xixi da casa. Tem em embalagem spray, super pratico.
O tapetinho higienico é um coringa! Lá na frente, quando for passar para o desfralde noturno, coloque o tapetinho embaixo do lencol para proteger o colchão e não deixar a crianca molhada a noite.
Nessa primeira etapa de desfralde, use o tapete na cadeirinha do carro e no sofá da tv. Leva um tempo para a crianca avisar que ela quer fazer xixi no meio do episodio da Peppa pig. Então sente-a sobre o tapetinho higienico nesse inicio.


6- Faça um ritual

Aqui tive um apoio absurdo da escola. Na data combinada, Beatriz tirou a fralda na frente dos amiguinhos, vestiu uma calcinha e ela mesma jogou a fralda no lixo. Aquele ritual marcou-a, e ela nunca mais vestiu uma fralda durante o dia desde então. (ainda usamos a fralda para dormir a noite)

7- Livros

Leiam juntos livros que estimulem essa fase.
Emprestei da escola os seguintes titulos:
" Cade meu penico?" Mij Kelly
" Camila faz xixi na calça" Nancy Devaux, Aline de Petigny
"O que é que se faz com um penico" marianne Borgardt

E sei que tambem são muito legais:
"Quero meu penico" Tony Ross
"Coco no trono" Benoit Charlot
"O que tem dentro da sua fralda?" Guida Van Genechten


8 - Acessorios

Vão juntos na loja comprar um banquinho para que a crianca consiga subir na privada e tambem um redutor de assento. Tem modelos super legais, inclusive um que é uma escadinha que já tem o redutor, como o Toily da loja Tinok.


9 - Premios

Aqui em casa rolou só o parabens, mas vale sempre reforçar o comportamento positivo. Voce pode comprar purpurina e jogar purpurina pelo banheiro quando rolar xixi no vaso, chamar a fadinha, dar tchau para o xixi...
Tem tambem os adesivos e os quadrinhos. A cada x adesivos a crianca ganha um livro/presente.
E tem tambem quem de chocolates e guloseimas a cada xixi. Gostei da minha amiga que dava UMA bolinha de chumbinho (aquele chocolate da kopenhaguem bem miudinho) a cada xixi na privada.


10 - Esteja preparada

No inicio, calcule 6 a 8 acidentes durante o dia.
Deixe a crianca se possivel descalca e so de camiseta e calcinha.
Se não for possivel, sapato plastico (crocs ou havaiana). O xixi vai escorrer e é um coringa estar com um sapato lavou-secou.
Esse inicio é otimo que seja feito numa epoca quente do ano exatamente por esse topico. Deixar a crianca so de camiseta facilita a nossa vida. Se for menina, vestidinho e calcinha.
Os acidentes devem diminuir com o passar dos dias.
No primeiro dia, observe a ingestao de liquidos, e estimule-a a fazer xixi. Ofereca de 10 em 10 minutos, e sempre que possivel, sente a crianca no vaso. Leia, cante, leve brinquedos e sente no chao do banheiro nesses primeiros dias.
Com o passar dos dias, va espacando as ofertas, sempre observando a ingestao de liquidos.
E boa sorte!

Aqui em casa, como Beatriz ja compreendia tudo, tentei o desfralde com 1ano e 11 meses. Mas não deu certo, ainda era muito cedo. O ideal é comecar e não retroceder, pois pode dar um nó na cabecinha deles. Aqui comecei cedo e voltei atras, embora não fosse o ideal, foi o melhor na epoca.
Retomei com 2anos e 3 meses, motivada pelo fim do verão. Em 5 dias ela ja estava condicionada a fazer xixi na privada.
Sim, acontecem ainda acidentes, mas cada vez menos.

Uma coisa que aconteceu com Beatriz e aqui fica a minha dica foi que ela, ao segurar o xixi, causou uma prisao de ventre. Parece que as vezes acontece. Hidratar bastante e nesses dias de desfralde oferecer uma dieta laxante pode evitar que isso ocorra.
Incluimos mamao papaya e agua de ameixa pela manha, dobrei a ingestao de liquidos e estamos evitando maçã e biscoito de polvilho nesses dias, ate a regularização do intestino dela.







sábado, 19 de março de 2016

Alguem me ajuda plis???

meninas,
preciso de uma ajuda.

Alguem ai manja de blog, internet, essas coisas?

Gostaria de arrumar algumas coisas do blog, mas nao sei mexer la muito bem.

Podem me ajudar?

Tks

(so deixar o email que eu entro em contato, sem publicar o email)

Desfraldou!

meninasssssss

SUCESSOOOOOOO

O desfralde esta indo megaaaaa bem!

Vou comecar dia apos dia...

DIA 1

 Segunda era o dia 1. Combinei na escola com a professora e mandei com a Bia 17334262292 trocas de roupa. Troquei o tenis por um crocs (se molha é so secar), e mandei 8 mudas completas e calcinha, meia, camiseta, calca. E se tratando de sp, fiz algumas variacoes de manga comprida, camiseta e vestidos. E tbm mandei toalha.
Demais produtos de higiene pessoal a escola tem.
No domingo, perguntei para a Bia se ela queria continuar usando fraldas ou preferia calcinhas, e ela disse que queria usar calcinhas iguala  amiga Sophia, 4 meses mais velha que ela, e ja desfraldada.
Na segunda, portanto, coloquei a fralda como de costume e coloquei a calcinha por cima. Dei quatro opcoes de estampas e ela escolheu a da Peppa pig.
Chegando na escola, ela e a amiga iam desfraldar juntas. Ambas tiraram a fralda, vestiram a calcinha e jogaram no lixo as fraldas. Nunca mais usariam. Ritual. A sala ficou orgulhosa e a cada 10 minutos era perguntado para ela se ela queria ir fazer xixi. Sim, 10 min. Nao e exagero. DEZ minutos.
Fiquei muito tensa em buscar ela, pois sao 30 min da escola para casa. Esperei ela fazer xixi e fui na sequencia. Chegamos em casa e ja tinha bolado um plano. Mas ela fez xixi no elevador......
E nao se incomodou de ficar molhada, para o meu desespero.
Inclusive, trocar ela foi complicado, ja que ela nao vinha necessidade de trocar de roupa.
Na tarde-noite de segunda, foram 3 xixis. Embora eu perguntasse, ela nunca queria ir. E ate tentei leva-la mesmo assim, mas achei mehor nao a levar a força. Eu busquei-a na escola as 16:30 e ate a hora de dormir (20:00) ela fez xixi em tres lugares diferentes da casa, com tres sapatos diferentes, e tres calcinhas diferentes, em tres comodos diferentes.

DIA 2

Ela acordou e a minha vontade era de tomar cafe da manha com a fralda. Ja estava irritada de limpar xixi. E nem tinha acordado ainda.
Tirei a fralda, escolhemos uma calcinha da Peppa pig e ela foi tomar cafe da manha de calcinha e camiseta. Assim nao precisaria trocar a calca do uniforme.
Mas ela não fez xixi. E tambem nao quis fazer xixi antes de sair.
Coloquei um tapetinho higienico da cachorrinha na cadeirinha e fomos para a escola. A professora sugeriu que ela ficasse todos os dias integral e eu aceitei.
Mandei as 163833252 mudas de roupa e ela chegou na escola sem xixi. Coincidencia, eu acho.
Fui buscar. Esperei o xixi e fomos para casa.
Bia, quer fazer xixi?
Nao.
Bia, quer fazer xixi?
Nao.
Bia, quer fazer xixi?
Naaaaaaaaaaaooooooo

Ate ela ja estava irritada.
Escapou mais duas vezes aquela tarde-noite. O pai chegou, ofereceu e ela fez com ele.
Chamei a fada. Soltamos purpurina por toda a casa - que ja estava toda cheia de xixi, afinal de contas - e comemoramos o xixi.

DIA 3

Na quarta feira, apos o cafe da manha de camiseta, levei-a na escola com o tapetinho higienico. Chegou sequinha. Então contei para todas as professoras da fada. E o quanto eu estava orgulhosa dela, do progresso dela.
"Estou muito feliz que vc usa calcinhas, que faz xixi na privada!
Vc me enche de orgulho.
Tenho muito orgulho de voce, eu te amo."
Naquele dia, apos fazer xixi na privada na escola, ela pediu que a professora contasse "para a mamãe" que ela tinha feito xixi na privada. E aquele dia voltaram muitas mudas de roupa sem usar. Ela escapou poucas vezes.
Na saida da escola, eu perguntei com que calcinha ela estava, e ela me mostrou que era da Peppa. Então eu dei um trio de calcinhas novas, da Frozen*. Chegamos em casa e vestimos a calcinha nova. Mas expliquei para ela que se ela fizesse xixi naquela calcinha, ela ficaria molhada... e teriamos que colocar outra.
Ali mudou a chavinha.
Ela saber que me provocava orgulho, e a vaidade mexeram nela. Pluft.
Aquela noite a calcinha da Elza dormiu seca, no cesto.
O ritual da noite permanece igual: banho, fralda noturna, leite e cama. Desfralde noturno sera beeeem adiante.

DIA 4

Na quinta Be tomou cafe da manha com a calcinha da Ana e camiseta. Chegou seca no colegio, e voltou com a MESMA calcinha a tarde.
Nenhummmm escape!
Parou as brincadeiras para fazer xixi, e em casa aceitava fazer xixi quando ofereciamos.

DIA 5
Estava tudo indo muito bem.
Ela finalmente sentia quando ia fazer, e segurava o xixi. nao era porque se incomodava de ficar molhada, mas pela calcinha favorita. mas tava valendo. O importante é que ela ja apresentava o controle do esfincter!!
Desfralde em uma semana, que maravilha!!!
As 14:00 a coordenadora da escola me ligou e pediu para que eu desse um pulo na escola.
...
na terca, dia da fadinha, a Bia comeu brigadeiros e risoles a noite, na comemoracao do anivesario do pai. Foi dormir com dor de barriga, e na quarta vomitou bastante. Mas tinha atribuido essas dores a gases, e quando veio o vomito, notei que ela tinha abusado.
Na sexta, ela se queixava de dores na barriga.
Os 30 minutos que demoro para chegar em casa ela veio gritando.
Dizia que queria fazer xixi, que a barriga estava doendo, mas nao aceitava massagem, estava impaciente, irritada, chorando e gritando.
A coordenadora levantou a hipotese e sugeriu que eu falasse com o pediatra. na expectativa de segurar o xixi, ela tinha segurado o coco tambem. E deu uma baita prisao de ventre.
Dr mario sugeriu uma dieta laxante, bastante agua e ameixas.
Pulei direto - por minha conta e risco - para um supositorio de glicerina infantil, que eu tinha em casa de quando ela era bebezica.
Fiz um banho morno, e meia hora depois, comecou a sessao meleca.
Ela gritou muito, mas quando conseguiu, fez bastante e voltou ao normal.
E nao houveram mais escapes a noite.

DIA 6
O sabado passou feliz e tranquilo.
Ela pediu para fazer xixi algumas vezes, em outras eu ofereci. Agora passei para de 30 em 30 minutos.
Parece piada, mas justo agora, quando sentei para escrever, me esqueci que ja fazia tempo que ela tinha feito...
E ela veio ate mim e disse: mamae, to fazendo xixi....
E quando terminou, olhou para o xixi e disse: "xixi é na privada!"

Trocamos e limpei feliz, a poça de xixi no piso.

Acho que minha bebe desfraldou!

Beatriz esta com um ano e tres meses, ja tinhamos feito uma tentativa frustrada antes e agora conseguimos!




* A CeA e a Riachuelo vendem calcinhas tematicas. sao de algodao, lindinhas, em conta e fizeram todaaaaaa a diferenca aqui!!!

#desfralde #bebe #maternidade

segunda-feira, 14 de março de 2016

Desfralde 2

Na semana passada me dei conta que estava na hora de desfraldar a Bia.
Coragem, Thais.

O verao esta indo embora. Aqui em sp, a media de temperatura ja esta 20 graus. Em breve vai esfriar. E parece que esse inverno sera rigoroso.
Be ja esta com 2 anos e 3 meses, ja pula com os dois pes e desce a escada sozinha. Ja entende o que falamos, ja sabe falar de tudo.
A hora é agora.

Conversei com a professora dela, e decidimos comecar hoje, segunda feira, o desfralde da minha pequena.

Apos a traumatica experiencia do refralde, estou tao insegura!!! Mas nao posso passar isso para ela.
mandei 18364357 mudas de roupas, meias, calcados. E calcinhas de todos os personagens. E hoje na escola a Be tirou a fralda e jogou ela no lixo, na frente dos amiguinhos. E todos comemoraram, e ela fez xixi na privada. E a professora me ligou para dizer que esta tudo indo bem.
Meu coracao doi de pensar que meu nenem nao vai mais ter aquele bumbum de fralda.
Mas estou orgulhosa de saber que ela esta conseguindo.

Sigo aqui em casa, ansiosissima.

Espero que de tudo certo.

Como decidi a escola da Be

Meninas,
o papo do coelhinho da pascoa me atormentou bastante.
Fiquei me questionando e ponderei algumas coisas.
Em primeiro lugar, ponderei que eu escolhi me converter e oferecer essa religião para meus filhos. E embora eu tenha optado por isso, eu não sou a pessoa mais religiosa do mundo. Comemoro alguns dos principais feriados, mas não sou rata de sinagoga. Teria, portanto, que mudar meus costumes.
Naquela semana, Beatriz chegou em casa e me lembrou de acender as velas de shabat. Sim, eu tinha esquecido.
Na semana seguinte, me perguntou onde estava o pão de shabat, a chalá.
Beatriz estava me mostrando o quanto para ela a religião já era presente.
Não tenho amigos judeus.
Minha familia é catolica e comemora os feriados catolicos.
Numa escola laica, ela iria comemorar os feriados catolicos, teria amigos catolicos, e ela, apenas ela, seria a diferente. A que come diferente, a que reza diferente, a unica que não crê em Jesus, a unica que não ganha ovo de pascoa, que não ganha presentes do papai Noel.
Numa escola judaica, ela teria a vivencia dos feriados judaicos. Ela teria amigos judeus, que comem como ela, rezam como ela, que acreditam em tudo o que ela acredita. O pequeno mundo dela seria como ela, e apenas algumas poucas pessoas fariam diferente dela. Ela seria igual a todos.
Optei pela bolha, pelo gueto.
Optei pela religiao.
A identidade judaica dela vai se formar e ela vai se sentir judia. Vai saber que pertence aquele povo. Vai abrir o jornal, ler uma noticia de Israel e vai sentir que é com ela. Aos 12 anos, ela ja sabera que ela faz parte de uma pequenina parcela da populacao. E nessa idade, ela provavelmente vai se mudar de escola. Vai para uma escola laica, catolica, evangelica ou budista. Mas ELA vai ser judia, independente do que for dito na escola. Aos 12 anos, cursando o fundamental 2 - nosso ginasio - ela vai ter discernimento suficiente para saber o que ela sente e quem ela é.
Os princios de humildade, caridade e comunidade que o judaismo traz ja estarao emcutidos nela. Obvio que esse é um trabalho que a escola faz uma parte e grande parte é feita em casa. De nada adianta aprender na escola se ela nao nos vir praticando. Ela deve viver o exemplo, e nao ouvi-lo.
Aos doze anos, apos a maioridade judaica, Beatriz vai seguir para uma escola que foque o Enem.
Aos dois anos, ela vai seguir uma escola que possa oferecer o ambiente judaico.

Percebi que nesse momento, isso é o mais importante.

Ouvi uma critica doída do meu pai:
"vc esta optando pela religiao e nao pela educacao da sua filha"
Pode ser. Mas dessa vez tomei minha decisao.

Descobri que uma pessoa com valores e principios, com D'us no coracao pode cursar a faculdade que for. Descobri que prefiro que minha filha seja gente do que tenha um diploma de uma faculdade de estirpe.

Acredito que, se for o perfil dela, ela podera ter os dois. Se ela for estudiosa e inteligente, podera seguir adiante e estudar numa escola "forte". Poliedro, Bandeirantes, Vertice, Mobile. Ou a escola que estiver forte daqui a 10 anos, e obter o diploma da melhor faculdade que couber. Mas se for o perfil dela.

Respeitar a personalidade dela. Deixar ela ser crianca. Nesse momento, quero apenas que ela se sinta igual aos amigos. Beatriz seguira para a escola de clube. Alguns amiguinhos seguirao com ela. E os que ela gostar muito, mas que nao forem para o clube, nós, pais, manteremos contato.

Nas ultimas semanas, passei a viver mais as tradicoes judaicas. Toda a semana temos jantar de shabat como manda o figurino. velas, pao, vinho, reza. Farei a minha parte tambem.

Cheguei a pensar que eu não precisava ter passado por tudo isso, que eu, assim como tantas mães, poderia ter apenas seguido a ordem natural das coisas. mas pecebi o quanto sou intensa nas coisas que me proponho. Tomo minhas decisoes com base no que sinto, no que vivo, e vivi intensamente esses dias.
Tomei minha decisao certa do que optei, e sigo adiante para melhorar cada ponto que não amei da escola que seguiremos. Se Beatriz vai estudar lá, vamos lutar para que lá seja o melhor lugar do mundo.
A mudanca deve acontecer em meados de 2018 ainda. Muita agua ainda vai rolar. Mas estarei dentro do rio, no barquinho, remando, na direcao que meu coracao mandar.
Boa semana!!