segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Perdidaça

Meninas,
o tom de cada post reflete o meu estado de espirito.
Tem dias em que estou animada, esperançosa, mas em outros o cansaço bate e o desespero toma conta. Hoje não eh um dia bom.
No sábado meu dia foi tenso, o que me levou a arriscar mudar de estratégia. Estava fazendo tudo conforme o livro das 12 horas. Estava num esquema de 4 horas, mas patinando em relação a rotina. Ainda não tenho horário estabelecido para o banho, troco fralda no meio da mamada, estava meio confuso.
Dai, na noite de sábado para domingo, cheguei no limite. Nao aguentava mais ela acordando a noite, e resolvi mudar de estratégia. No domingo (ontem), fiz o esquema de 3 em 3 horas do outro livro (encantadora de bebes). Basicamente: mama por 45min, brinca por meia hora, dorme uma hora e meia. MUITO puxado, porque se a bebe dormir automaticamente, isso te deixa uma hora e meia para organizar as coisas para a próxima mamada, comer, fazer xixi, tomar banho, trocar de roupa... E no caso da Be, ela demorou 40 minutos para dormir. Ou seja: loucura!!! Alias, segundo a autora, o fato dela demorar para dormir eh exatamente porque ela não esta numa rotina. Segui tudo certinho, para ser recompensada a noite, e para o meu desespero, ao invés de acordar as 3, ela acordou as 3 E as 5:30. Ou seja: não reclama porque o que esta ruim pode piorar!!!
Hoje entao acordei desesperancosa.
Tudo esta muito puxado, não tenho pratica, não sabia o que esperar, não estava preparada para isso. E não tenho com quem conversar, perguntar, tirar duvidas. Minhas amigas nasceram para ser maes, são vacas leiteiras, e os filhos anjinhos. So eu que passo perrengue... pelo menos eh isso que elas insistem em afirmar.
Achei melhor voltar para meu esquema de 4 em 4 horas. Pelo menos tinha tempo livre e ela acordava uma vez so. E nesse esquema ela esta engordando, o que eh fundamental. Mas tenho que saber o quanto ela mama em cada mamada, e dando o peito com o mamatutti estava ficando confuso. Resolvi ordenhar.
Poxa, cada vez que uso a bombinha caio no desespero.
Tenho um peito bom e um peito ruim.
O peito esquerdo e o bom. Tem sempre muito leite. Mas em 20 minutos, enche apenas 40ml.
E o ruim enche 20ml em 20 minutos.
Ordenhei as 12:30 e 14:30 e vou fazer isso varias vezes ao dia, por três dias, para ver se aumenta a produção. Porque se não aumentar, terei que assumir o leite artificial de uma vez por todas. A parte ruim desse mamatuti eh que vc não sabe o quanto o bebe mamou.
Pela manha a Be estava inconsolável. Repetiu um padrão estranhíssimo: mamou um pouco, regurgitou (o que não eh comum para ela) e começou a chorar. Dei o peito, continuava a chorar. Mamadeira, choro. Se ela esta com fome, porque ela não come? Resolvi ligar para o pediatra, que pediu para ela fazer coco, ja que fazia um dia e meio que ela não fazia. Usei um supositorio de glicerina na bebe, e com esforço ela entao fez bastante coco.
Dei um analgesico conforme instrucao medica, ela dormiu e entao mamou.
Esta chorosa desde entao. Dorme, acorda, chora, dorme.
Parece que esta com dorzinha.
Nao sei se acordo para a mamada das 15:00, se deixo para as 15:30.
Se dou peito ou mamadeira.
Se deixo ela dormir durante o dia, como estava fazendo, ou acordada.
Uma coisa defini: darei banho na ultima mamada do dia, as 19:00. Achei interessante a definição da autora das 12 horas: trocar as 7 da manha, para sinalizar dia, e dar banho as 19:00, para sinalizar noite. Preciso ritualizar o dia dela, sinalizar mais. Coloquei horários, mas não estabeleci rotina. isso esta claro. Mas o meu cansaço eh muito, o desanimo cresce.
Preciso insistir, nao desistir.
Ordenhar por tres dias, para aumentar a produção de leite.
Definir se encerro as atividades do peito ou da mamadeira.
Colocar rotina, rituais.
Voltar o esquema de 4 horas.

Marquei outros médicos pediatras, preciso de um medico que possa me orientar certinho como fazer. sabe, estou indo num medico ótimo, mas ele me deixa meio solta demais... preciso de alguém que me de uma receita de bolo. E alem disso, ele tem o inconveniente de ser particular, e uma bagatela de 650 reais cada consulta. Mesmo com o reembolso, as consultas se sobrepoe, e fica um gasto a mais. marquei 4 opcoes do plano, vou nos 4 e decido qual seguir. Todos aqui pertinho de casa.
Perdida.
Desculpem, hoje foi mais um desabafo que um post.
Encerro com a foto da pequena, cada dia mais fofa. ontem em especial ela estava demais, toda combinando, super fashion...



sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Mamatutti

Como algumas ja acompanharam, desde o inicio tive altos e baixos na amamentação. Nao foi o mar de rosas nem o mar de espinhos que imaginava. Na verdade, foi tudo que nunca imaginei. O peito nao rachou ou doeu como estava preparada.
Mas nao tive a quantidade absurda de leite que jurava que teria. Nos meus medos de gestante, nunca tive receio de nao ter leite suficiente. Alias, “nao ter leite” ou ter “pouco leite” era para mães dondocas, que simplesmente nao queriam amamentar e procuravam desculpas. “Tem peito, tem leite” era o que eu pensava.
ERA.
Meu leite demorou para descer, e quando desceu eu nao identifiquei que a bebe tinha fome, então estimulei pouco, dai passei nervoso e ele quase secou. E ainda tomo mil remédios para ajudar na produção de leite, mas o fato eh que eu salvei meu leite, e hoje minha filha mama 70% mamadeira e 30% peito.
O que eh estranho (e total sorte minha) e que a bebe prefere o meu seio do que a mamadeira. Sempre li e ouvi que “uma vez que a bebe mamar na mamadeira, ela vai acabar largando o peito”, mas para a minha sorte e alegria, me parece que a Beatriz esta na contramão. Minha filha chora muito durante a mamadeira. Chora e mama, mama chorando, engasga, e o oh. Mas quando dou o peito, que alegria!
E nessa confusão que eh a amamentação aqui em casa, eu estou muito satisfeita com um produto chamado Mamatutti. Foi indicação de uma leitora, paguei super baratinho, e acho que a proposta eh bem interessante.
O mamatutti eh um potinho com um canudinho bem fininho na tampa.
Voce enche o potinho com o leite da mamadeira e coloca o potinho entre os seios, seguro pelo sutiã. Quando o bebe grudar no bico do seio e começar a sugar, vc coloca o canudinho junto, sem que ele perceba. Vai sugar seu seio e beber o leite do potinho.
Ainda que seja um peito com pouco leite (como eh o meu caso), o fato da bebe estar sugando vai estimular a minha produção de leite, enquanto ela mama o leite que seria dado na mamadeira.
Ela nao pega o bico artificial, acha que esta mamando no peito, fica nutrida e eu aumento minha produção de leite.

Eh super confuso e complicado, mas vale muito a pena o beneficio. E o custo-beneficio então, nem se fala! Vale a pena, meninas!!


Mae egoísta

Meninas,
Faz tempo que nao escrevo, me desculpem! Os dias andam atrapalhados e corridos, mas sempre penso: “nossa, vou comentar isso no próximo post”. Desde que voltei do interior, tenho levado alguns bailes da nossa pequena. Os bebes vem com personalidade, e posso dizer que embora boazinha, a Be e geniosa. Faz o que quer, na hora e da forma que ela quer. Chora, grita, esperneia. Infelizmente nao puxou o gênio do pai, e sim o da mae. Sou geniosa, como ja devem ter percebido.
E a pequena também eh manhosa, dengosa, mas como disse, boazinha. Mama na mamadeira, peito, mamadeira. Leite quente, morno, frio. Teve um dia que ela tinha feito um montão de coco e estava quietinha, nao reclama com fralda suja, sabe... nao posso me queixar. Muito boazinha no geral. (claro, uma fofa quando as vontades dela sao atendidas rsrsrsrsrsrsrs)
E vcs devem estar pensando: ah, que fácil! O que mais uma bebe pode querer além de leite e fralda limpa? Pois eh ai que começa... e muito mais complexo do que sequer um dia nesses 5 anos eu imaginei! Passei os últimos cinco anos da minha vida sonhando em ser mae, mas nao sonhei com detalhes.
Nos meus sonhos, eu continuava sendo a Thais, mas com um bebe lindo e quietinho nos bracos. Nao sonhei com as noites que tenho passado, com o sono leve, com os chiliques, gritos e esperneios, com todos os sentimentos que permeiam a cor de rosa ‘maternidade”.
Alias, vamos combinar:
- Quando se eh adolescente, as amigas dizem que sao virgens; (e so vc eh a “puta” que ja dormiu com o namorado);
- Quando se casa, as amigas afirmam que transam to-dos os dias com o marido (e vc acha que vc eh a pior mulher do mundo porque seu marido nao tem esse fogo todo);
- Quando se esta tentando engravidar, as amigas conseguem no primeiro mes sem pílula (e so vc que tem dificuldade);
- Quando se esta gravida, so vc que nao consegue engordar apenas 9 kilos, e você eh a única gestante gorda do planeta.

Santa ingenuidade a minha em acreditar nas minhas amigas que dizem que os bebes dormem a noite, que nao choram, que sao bonzinhos e que elas tem muito leite. Ah, e que delicia eh ser mae de recém nascido!
Gente, eh muito difícil. E uma mistura absurda de sentimentos. Nao estou discutindo o quanto eu amo aquele serzinho que esta dormindo no berco, nunca, jamais. Mas nesses quarenta dias eu tive sim mil pensamentos malucos. Por mil vezes eu pensei: “nao aguento mais”, “ela podia ter on-off”, “podia chorar mais baixo”, entre outros mil pensamentos que nao combinam com a maternidade que eu sonhei.
Dai, vem a culpa, a cobrança, e eu me sinto muito louca, porque embora eu hoje seja a orgulhosa mae da Beatriz, a Thais esta gritando dentro de mim. Gritando para ler uma revista, assar um bolo, fazer a mao, sair para jantar. Para ser um pouco Thais novamente.
Esses dias iniciais de dedicação absoluta nao sao comentados por ninguem. Eh uma dedicação tao absoluta que de certa forma acaba anulando o individuo. E no meu caso, sinto uma dualidade, uma culpa de me sentir mal de querer ter um pouquinho da minha vida de antes.
Gostaria de ir ao cinema com o marido, de sair para jantar, de ir bater perna na rua, de nao ter pressa ou horário, ou compromisso. De nao ter a responsabilidade, de deitar com sono, de dormir ate tarde, de dormir a noite toda sem acordar. E então uma vozinha la no fundo vem, em tom de cobrança: “mas você desejou isso, lutou por isso. Voce nunca esta feliz? Como você e egoísta, Thais” E tento tirar dos meus ombros a culpa, e conviver com essa mistura de sentimentos tao estranhos, tao errados, nao incongruentes.

E  quando me perguntam se a Beatriz eh boazinha, eu socialmente sorrio, e digo com todas as letras: “ah, minha filha eh uma santa, chora pouco, dorme a noite inteira”. Afinal de contas, e o que as pessoas querem ouvir.

atendendo a pedidos, mais uma foto do ensaio, nessa a Be estava com 12 dias.



segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Palpites

Meninas,
ando muito sensível, acho que eh uma conseqüência ao cansaco.
Ontem foi a festa do umbigo, e ao mesmo tempo, marcou o fim de uma semana incrível na casa da minha mae. sim, incrível. sim, um bebe muda tudo. Sim, eu tenho a melhor mae do mundo.
Não, não sou bipolar. rsrsrsrsrsrs
Bem, mas como estava dizendo, a festa marcou o final de uma semana de aprendizado. Nessa semana aprendi muito com a bebe, entramos numa semi-rotina, estou sobrevivendo bem melhor do que antes. Mas quero aqui falar sobre os palpites.
Como disse no post anterior, todas as tardes saia com a bebe para um cha da tarde com as velhinhas. minha tia de 96 anos não sai da cama, entao todos os dias levava a bebe ate ela. E sendo cidade pequena, todos os dias as 4 da tarde, as velhinhas se reunem para conversar, e eh o grande acontecimento do dia da minha tia.
Num desses dias, haviam 6 velhinhas, e a Be estava chatinha. Ela não chegou a dar piti, apenas um nhe-nhe, mas para quem não esta acostumada ou calejada como estou... foi o suficiente para chover palpites:
- essa menina tem fome;
- eu dava de mamar a cada 2 horas;
- essa menina esta com quebranto;
- eh colica;
- a Thais nao esta se alimentando direito;
- vc deveria ter feito o resguardo;
- na dieta do resguardo tem que comer um frango por dia, são 40 frangos;
- tem que comer os alimentos certos para ter leite;
- nao pode subir escada;
- nao pode lavar o cabelo

E eu percebi que as pessoas insistem em dar o seu palpite ao mínimo choro da criança. porque eu sou marinheira de primeira viagem? porque passo insegurança? Porque elas querem me ajudar? Ou talvez porque daqui para frente sera assim mesmo... as pessoas palpitando, falando, analisando, criticando. Isso cansa. E ontem me cansou demais!!!

A bebe resolveu dar chilique na festa do umbigo, com minha avo (e suas criticas) presente. Ela não tinha feito coco desde o dia anterior, e estava chatissima. Eles so pararam de dar palpites quando peguei a bebe e entrei em casa, fiquei com ela no quarto dando de mamar. E quando desci, depois de  uma hora e meia, e ela começou a chorar, recomeçaram os palpites: talvez ela tenha mamado pouco!
E entao aprendi mais essa: terei que conviver com esses palpites.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Semana do umbigo

Meninas,
essa semana estou na casa dos meus pais no interior.
Um caloooooor do cao, sensacao termica de 40 graus. Mas a mordomia indiscutivel de casa dos pais! Meu pai, ogro-mor, esta todo deretido pela nossa princesinha. Irreconhecivel. E ela tambem, irreconhecivel.
A cada dia mais calminha. Antes, o choro dela era desesperador, agora um nhe-nhe. Linda.
Essa semana iniciei o 4x4. Estou espacando as mamadas para 4 em 4 horas, e aumentando a ingestao de leite. Vamos ver no que vai dar.
Comprei o metodo peito-sonda (mamatutti) mas anta que sou, esqueci em sp. Vou usar mais algumas vezes e comento o que achei. Estamos assim: 3-4 mamadas eu faco peito e mamadeira. As da noite, mamadeira direto, mais facil de terceirizar e mais rapido tambem. A terceirizacao ta complicada, acabo acordando 2x durante a noite, mas o organismo vai se acostumando. Mesmo assim, o cansaço as vezes fala mais alto, e no meio da noite fica divicil resistir as soluções mais faceis.
Como o clima aqui eh bem diferente de sp, nossa rotina eh: acordar as 7:30, mamar - a mamada demora 1hora e mais meia hora para ela dormir- , as 9:00 cafe da manha da mamae, e saimos as tres para um passeio: eu, e Be e a cachorrinha. Damos uma volta na praca e voltamos antes do sol esquentar. Embalo ela e ela dorme ate as 11:30, quando a mamae ja almocou (aqui eh cedo) e entao outra mamada. Soninho ate as 15:30, outra mamada, e uma voltinha no final da tarde. Vamos de carrinho ate a casa da minha tia, onde eu tomo um cha da tarde com as velhinhas. Depois, as 7:30 e as 3 da manha.
Como cada mamada me toma uma hora e meia, me sobra pouco, e as vezes quase nada de tempo. Se ela da chilique, ela as vezes emenda uma mamada na outra, ou ainda acabo cedendo e antecipando a mamada, mas consegui manter ate agora o espaço de 4 em 4 horas.
E nao precso me preocupar com outras coisas, so com ela. E sempre tenho alguém para me ajudar a embalar, arrotar, ou arrumar as coisas.

No final da semana, faremos a festa do umbigo. Vou enterrar o umbigo dela na mesma roseira em que esta o meu, no jardim da casa da minha tia avo.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Visita de um anjo

Sempre digo que existem as visitas e os anjos, e hoje uma anja veio com sua anjinha me visitar!
Tenho uma amiga muito querida, e ela trouxe hoje sua filhinha de dois meses em casa, e veio me tirar da casca!! Foi taooooo bom, taooo legal!!!
Ela chegou aqui bem cedo, demos de mamar, e logo em seguida saímos com as bebes para passear. Ela queria ir para o parque, mas preferi ficar aqui por perto, tava receosa. Andamos por mais de uma hora, conversando e empurrando o carrinho. As bebes viram o sol, gente, e no balanço do carrinho, foram dormindo que nem anjinhos.
E quando deu 3 horas do inicio da mamada, voltamos para casa, demos de mamar, almoçamos, conversamos, mais 3 horas e outra mamada... E assim foi nosso dia, maravilhoso, com uma incrível troca de experiências....
Ate as unhas da minha filha ela cortou! Tava parecendo o ze do caixão, coitadinha.... como eu tenho medo de cortar, tava so lixando, mas estavam enormes! aprendi ate isso!
E estou um pouco mais segura do meu leite... por duas mamadas a be parou com 30min de peito e recusou a mamadeira! Feliz demais....
Acho que vou manter a mamadeira para a madrugada apenas.
O equilid vai terminar hoje, vou manter o algodoeiro e motilium. E vamos ver no que da.


terça-feira, 7 de janeiro de 2014

As aventuras de Beatriz - 1a saida

Meninas,
do jeito que minha filha eh ativa, farei um blog apenas com as aventuras e peripercias da Beatriz! Ja comentei que ela fica durinha, com a cabeça levantada quando a coloco de bruços? Parece um bebe de 3 meses rsrsrsrsrsrsrs
Bem, mas ontem foi aniversario da minha irma, e fomos almoçar com ela. Eu e a Be! Escolhi um restaurante aqui perto, dei a mamada uma hora antes do horário; Mamou, arrotou, e coloquei-a no bebe conforto e vamo que vamo! Deu uma, duas, três resmungadas, mas como eh rueira a minha pequena! Com o chacoalhar do carrinho ela dormiu rapidinho!
Ficou quieta, como uma lady, dormiu, não resmungou, nada. Dormiu direto 3 horas, e acordou pontualmente depois de 3 horas. Eu tinha dado uma passada rápida na farmácia, e dai voltei com ela ao prantos no carrinho. Mas me senti o máximo por ter saído de casa e tudo ter dado super certo!
Essa rotina de mama, arrota, chora, dorme que se repete 6 vezes por dia ha seis semanas eh de matar! Me deixa exausta e eu me sinto prisioneira, escrava, presa a um horário ao qual não tenho controle. Alias, acho que o não ter controle eh a pior parte, sabe?
A rotina aqui desde ontem esta a cada 3 horas, a contar do inicio da mamada.
Entao funciona assim:
9:00 - ela chora. Inicio da mamada. 30 minutos de peito, adormece por 5 minutos, arrota mais 5 minutos, mamadeira de sobremesa. 20 minutos de arroto. Troco a fralda. Embalo ela ate dormir. Normalmente esse embalo acontece com choro. Ela chora antes de dormir.
10:30 - quando ela finalmente vai dormir.
12:00 - ela chora. inicio da próxima mamada.

Entao me restaram 1,5hora, na qual eu devo: esterilizar as mamadeiras, arrumar o quartinho dela, ir ao banheiro, comer, tomar banho, cuidar das minhas coisas. Obvio que esse horário pode variar para mais ou para menos.

Bem, mas o mais importante eh que descobri que sim, consigo sair de casa! Levarei um arsenal, seda sempre uma aventura, mas sobrevivi a primeira saída!!! Haverao outras!!!! estou planejando de amanha visitar uma amiga (a da imuno!!), depois conto....


segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

O ultimo suspiro

Meninas,

Como devem ter percebido, os ultimos dias tem sido uma loucura... as vezes sento para escrever um post, e acabo parando varias vezes, escrevo posts curtinhos em duas, três sentadas....
E queria muito ter acompanhado o marco das 100 mil visualizações, mas hoje, quando fui olhar, ja estacamos em 102mil e alguma coisa. Bem, entao parabens para a gente! Quero que saibam que quando comecei, e tive 5 visualizações, e soube que 5 pessoas tinha lido o que eu tinha escrito, aquilo me deu forcas para continuar. Pensei: pelo menos mais alguém esta passando por tudo isso... E hoje, com um numero tao grande, tenho a certeza de que ajudei algumas meninas. E isso faz tudo ter mais sentido. Obrigada!!!
Na semana passada, depois que me convenci a dar o complemento, eu usei a bombinha e vi que tinha tirado muito pouco leite. Fiquei super chateada, mas sosseguei quando vi a bebe mais calma e tranquila. Na consulta de alta, ouvi que a quantidade de leite que tinha era "infima". Mesmo assim, resolvi entrar em contato com a dra e com a Percela. Vai que elas ainda tem algum ultimo recurso? Seria um ultimo suspiro, last shot, cartada final... Mas não poderia desistir sem tentar de tudo. Sou uma filete, treinaste, guerreira; E a gente não desiste, a gente consegue!
Estou tomando:
- motilium 4x ao dia;
- equilid 2x ao dia;
- cha da mamae.
Isso sem falar na dieta de engorda, com mais carboidratos que o comum (mais carbos significam um leite mais gordo).
A dra entao mencionou o extrato de algodoeiro, mas sem muitas esperanças.
Ja a Percela, falou como minha mae:
nao desista! Insista! Toma sim o extrato de algodoeiro!!!

Bem, mandei fazer o bendito, estou tomando... E resolvi extrair leite num seio enquanto ela mama o outro. Assim dobro a estimulação. E me lembrei que as conchas que tinha odiado elas pressionavam o seio como uma ordenha, entao dormi de conchas... e esta dando certo.... Alguma coisa esta aumentando na minha produção!!!
Ontem e hoje a be mamou apenas meia hora de um seio e rejeitou a mamadeira! se satisfez com o seio somente!!!
Sao poucos dias e uma diferença pequena, mas estou mais confiante. E a bebe esta mamando menos, chorando menos. Espero que as coisas se ajeitem novamente.

Aniversario de um mes da pequena

Meninas,
Ontem ouvi da minha tia:
"nunca vi um aniversario de um mes"

Mas para quem acompanhou toda a minha historia, acho mais do que natural comemorar esse um mês de vida da minha pequena. ok que para variar me empolguei e fiz uma mini-festa, mas dessa vez chamei pouquíssima gente!!! Eramos em 12 pessoas apenas, os amigos mais chegados mesmo. Mas comemoramos com muita alegria o primeiro mês de vida da nossa pequena Beatriz, que a cada dia esta mais calma e tranquila.

 E mais fofinha, linda, gordcucha... ai como sou coruja rsrsrsrsrs

 Para nao perder o costume, segue a foto da mesa do bolo. Daqui a pouco vcs estarão enjoadas das minhas loucas, sempre as mesmas rsrsrsrsrsrsrs....

Coloquei uma toalha bonita e fiz assim:
- 20 garrafinhas (compradas para o cha de bebe na rua tabatinguera) - 9,00 (45 centavos cada)
- 2 macos de cravo na feira - 30,00
- 40 unidades de mini lanche - 100,00 (comprei quatro queijos e salmão defumado, galeria dos paes)
- 1kg de trufa crocante - 45,00 (maior enganacao, horrível, não comprem! Galeria dos paes)
- 200gr amanteigados de estrelinha - 10,00 (galeria dos paes)
- bolo de 2kgs bem casado - 120,00 (adora doces, delicioso)

Bebidas por conta do marido, entao não sei quanto foi, nem o que foi... sei que servimos suco, agua, prosecco e cerveja.


quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Alta da Be!

Meninas,

ja falei que estou in love pelo pediatra?? Ele eh careiro, mas poxa... dedicado, atencioso, disponível, super competente! Nesses dias de cão que se passaram, liguei e conversamos em pleno reveillon! Demais ne? E devido a tudo, antecipamos a consulta que seria no dia 7/1 para hoje, dia 2/1.
E ele pesou a Be, que dia 29/12 estava com 3.750kg, e hoje esta com fofos 4.120kgs, e cresceu 3cms de altura. owwwwwwnnnn

Conversamos, tirei algumas duvidas e ouvi palavras crueis. Doeu, mas o choro desesperado da minha filha doía mais, muito mais.
Quando disse para ele que tinha extraído leite da bombinha e tinha dado 20ml em 20min, ele disse:
"menina, a quantidade de leite que vc tem eh infima. Não fique insistindo nisso, porque todos vao sofrer: voce, seu marido, a sogra, e principalmente a bebe. Quer dar o peito, de. mas vc não tem leite suficiente. Com o tempo, ela vai optar pela mamadeira e sera inevitável vc deixar de amamentar."
Disse que era para eu começar a tomar um remedinho, chamado equilid. Quando eu disse que eu ja tomava, ele perguntou: ha quanto tempo? "desde que ela nasceu". "ah, entao voce não tem leite MESMO."

Sai de la com o seio pingando... e quando fui extrair, deu apenas 40ml.
Tera sido o nervoso que passei?
Tera sido a anemia?
Ou sera que eu simplesmente não nasci para ser uma vaca holandesa?

Uma outra coisa que ele falou e que doeu na alma foi o seguinte: (e fica novamente o alerta para as mamães de plantão!!)
No primeiro mes, a bebe cresce muito, o cérebro cresce, perímetro cefálico, peso, altura, tudo. Se a bebe passa por uma desnutrição nesse período, eh muito serio.
meninas, fiquem alertas com seus bebes.... chorou, peito. Chorou de novo, peito. peito, peito, peito, peito, peito. Sera que se eu soubesse disso antes eu teria estimulado mais e teria hoje leite o suficiente? Nunca saberei.

A boa noticia eh que hoje tivemos alta. Ja podemos passear! Um restaurante, uma saída no bebe conforto... e entao na semana que vem passo uma semana na casa dos meus pais... teremos a inesquecível festa do umbigo da nossa pequena!

E essa foto tirei hoje, na volta para casa... a pequena com seu amiguinho pato...

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Mamae pediatra

Meninas,
esse post serve como um alerta para todas, ja que aqui todas serão maes.
Olha, esses dias foram e ainda estão sendo muito confusos e conturbados. Minha Be tem 28 dias de vida e ja passamos por alguns perrengues.
Os primeiros dias, em que ela chorava de fome e eu não tinha leite;
Depois, tudo se ajeitou;
Mas em seguida vieram as cólicas;
N remedios;
Crises intermináveis de choro...
E como disse no post anterior, acabamos no hospital, com o diagnostico FOME. Desde enato estou numa encruzilhada... Quero amamentar. Sei que tenho leite. Talvez falte um pouco... Entao aconteceu o seguinte:
começamos com 60ml de mamadeira para complementar o leite do seio. 40 minutos de cada lado, mais 40ml de mamadeira estavam me deixando exausta. Cada mamada levava quase 2 horas. Meus seios doloridos. Murchos.
Li uma coisa num livro, outra no outro, bem, vamos usar a lógica:
quanto mais a bebe sugar, mais estimulo, mais leite vou produzir. Deixa-la pendurada no peito estava fora de questão, porque ela adooooora "chupetar". Entao, resolvi tirar na caixa aquela bombinha careeeerrima. Vamos usar esse treco. Medo. Se a bebe machuca, essa bombinha deve aleijar, mas vambora, bom motivo.
A bebe num seio, resolvi colocar a bombinha no outro, e para a minha surpresa, em 20 minutos eu malemale enchi 20ml de leite. Meu mamilo ficou dolorido a troco de míseros 20mls...
Fui ler na lata de leite em po, e o recomendado nessa semana eh que a bebe mame 5x 120ml de leite. Bem... entao 40 minutos de cada lado seriam em torno de 80ml de leite, o que justifica o choro dela e a fome. Isso, fora que se EU fico cansada dos 80minutos de mamada, imagina ela. Mais do que comprovado, a minha quantidade de leite esta sendo insuficiente para a minha filha!
Obvio que fiquei arrasada -ainda estou- mas pelo menos consegui enxergar a situação, e isso fez um pouco de sentido. Comecamos a encher a mamadeira com 90, 100, 120ml de leite. Na madrugada, ela mamou direto o complemento, e mandou ver 120ml de leite.
Entao ela mama, arrota, da um showzinho de uns 20minutos antes de dormir e dorme longas 3, as vezes 4 horas. Não acordo mais, quem manda agora eh ela. Esta colocando o sono em dia e esta ditando as regras da casa.
Exatamente o inverso do que pensei, li e planejei. Mas no final das contas, a gente tem que se adaptar ao bebe, para que entao a gente o conheça e somente apos isso a gente possa domina-lo e inserir tudo o que lemos nos livros: rotina, horários, seqüência.
Ontem dei de mamar as 8 da noite, e na madrugada foi complemento. Hoje, amanheci as 8 da manha com a camisola molhada de leite dos dois seios! Uma alegria, satisfação enorme. Coloquei ela em um seio, e ordenhei com a bombinha o outro. Enchi 60ml. Ou seja: 12 horas enchendo, para conseguir meia refeição de cada lado. Cheguei a dificil conclusão de que estou produzindo 1/5 do que minha filha precisa.
Aos poucos estou me rendendo a ideia de ceder ao complemento. Sei no entanto que quanto mais complemento der, menos irei produzir. Estou numa encruzilhada, mas enquanto escrevo, vejo minha filha com o rostinho novamente redondo, dormindo tranquila.
O choro dela nao eh mais tao ardido;
Nao preciso mais dar remedios.
Nao sei a que horas poderei tomar banho ou almoçar, mas sei que terei 3 horas de tranquilidade, porque ela estada bem, dormindo... ao invés de pirando no choro.

Por fim, quero deixar um alerta. Entopi minha filha de luftal, milicon, colic calm, funxicoria e quase dei cha de erva doce (proibido pelo pediatra). E na verdade, ela tinha fome. E se talvez eu não tivesse demorado tanto para perceber, minha produção de leite tivesse aumentado ao invés de diminuir. Talvez, nunca saberei ao certo. O fato eh que devemos usar mais nosso instinto, ler menos, ouvir menos opiniões. Hoje vejo que a pobrezinha nunca teve uma colica, sempre foi fome mesmo.
Fiquem alertas. Bebes recen nascidos não devem ser submetidos as maravilhas dos livros que lemos. Eles devem apenas mamar, o quanto e quando quiserem. Conclusao da mamãe pediatra aqui!
;)

p.s.: esses dias loucos me tiraram do mundo real, horários, datas. Mas hoje eh 1/1/2014, e quero desejar a todas um lindo ano 2014. Sao 365dias para lutarmos pelos nossos sonhos, sem perder a fe e esperança. Torco para que nesse ano cada uma de voces recebam a graca de ser mae. Para que cada uma não perca a esperança e a forca depois de uma batalha perdida. Como sempre digo aqui, são raros os casos de sucesso na primeira FIV, entao lembrem de so parar de lutar quando estiverem com seus bebes no colo, lindos, saudáveis. Assim como essa foto, que so fui ver hoje...
Esse foi o momento em que a Be nasceu, e a dra (no fundo) colocou-a no meu colo.
Mentalizem essa foto, para que em muito breve vcs possam sentir e viver esse momento.


Um lindo 2014 para voces!